Advogados no simples nacional

A publicação da Lei Complementar n. 147, de 07 de agosto de 2014, que universaliza o SIMPLES NACIONAL, representa uma relevante vitória para os prestadores de serviços, incluindo os advogados.

A nova norma legal passa a valer a partir de 01 de janeiro de 2015 e pretende alcançar mais de 450 mil empreendimentos.

A OABPrev-MG presta alguns esclarecimentos básicos sobre os procedimentos para eventual inclusão dos advogados no SIMPLES NACIONAL.

O agendamento para inclusão no Simples pode ser feito pela Internet no site mantido pela Secretaria da Receita Federal do Brasil. Este procedimento pode ser efetivado a partir do primeiro dia útil de novembro, mas o novo modelo somente entrará em vigor a partir de primeiro de janeiro de 2015. Para promover a opção pelo SIMPLES, é preciso que seja informado o CNPJ da sociedade de advogados e o CPF do responsável.

As grandes vantagens em aderir ao SIMPLES são a redução da burocracia e a diminuição da carga tributária para a maior das empresas que se enquadram nos ditames legais.

As sociedades de advogados que já possuem CNPJ não precisam promover qualquer alteração na razão social da empresa, bastando fazer a opção gratuita a partir do prazo legal.

As alíquotas para pagamento por intermédio da DAS – Documento de Arrecadação da Receita Federal vão variar de acordo com o setor e faixas de faturamento.

Os serviços advocatícios estão enquadrados na Tabela IV da Lei Complementar, conforme tabela abaixo:

 Receita bruta em 12 meses                      Alíquota                        
 Até 180.000,00  4,50%
De 180.000,00 a 360.000,00  6,54% 
De 360.000 a 540.000,00 7,70%
De 540.000,00 a 720.000,00 8,49%
De 720.000,00 a 900.000,00  8,97% 
De 900.000,00 a 1.080.000,00 9,78%
De 1.080.000,00 a 1.260.000,00 10,26%
De 1.260.000,00 a 1.440.000,00 10,76%
De 1.440.000,00 a 1.620.000,00 11,51%
De 1.620.000,00 a 1.800.000,00 12,00%
De 1.800.000,00 a 1.980.000,00 12,80%
De 1.980.000,00 a 2.160.000,00 13,25%
De 2.160.000,00 a 2.340.000,00 13,70%
De 2.340.000,00 a 2.520.000,00 14,15%
De 2.520.000,00 a 2.700.000,00 14,60%
De 2.700.000,00 a 2.880.000,00 15,05%
De 2.880.000,00 a 3.060.000,00 15,50%
De 3.060.000,00 a 3.240.000,00 15,95%
De 3.240.000,00 a 3.420.000,00 16,40%
De 3.420.000,00 a 3.600.000,00 16,85%

 

Conforme se verifica pela análise da tabela acima, a maior parte dos escritórios de advocacia passarão a pagar uma alíquota de 4,5% sobre o seu faturamento, que substitui diversos impostos federais, bem como o ISS.

Importante esclarecer que, de acordo com o Estatuto da OAB (Lei n. 8.0906/94), a criação de um escritório de advocacia necessita de pelo menos dois sócios. Segundo dados da OAB, hoje dos 822 mil advogados do país apenas 5% integram uma sociedade de advogados.

Por outro lado, atualmente, as sociedades de advogados - que optam pelo regime de lucro presumido - têm carga tributária de, no mínimo, 11,33% (Jornal Valor Econômico). Já os advogados autônomos ficam sujeitos à alíquotas a título de imposto de renda que podem chegar a 27,5% sobre os seus rendimentos.

A aprovação desta legislação coloca fim a uma discriminação absurda existente anteriormente que excluía a maior parte dos prestadores de serviços do tratamento tributário diferenciado. O novo regime de tributação vai permitir a inclusão de 142 atividades na área de serviço, eliminando a injustiça tributária até então em vigor.

Infelizmente a nova legislação não previu a substituição da contribuição previdenciária patronal que continua sendo obrigada a ser recolhida pelas sociedades de advogados (alíquota de 20% sobre a remuneração dos empregados, autônomos e empresários).

Não há dúvida que o profissional deverá aplicar de forma consciente os recursos economizados diante do novo regime tributário visando a lhe garantir uma qualidade de vida no futuro.

Uma das opções mais atrativas (diante dos benefícios fiscais e a rígida fiscalização dos órgãos públicos) é a contratação de um plano de previdência complementar ou mesmo o incremento das contribuições básicas ao seu saldo de conta, caso já tenha o advogado aderido a plano de benefícios gerido por uma entidade de previdência complementar.

A OABPrev-MG é uma entidade de previdência complementar sem fins lucrativos e cujo público-alvo consistente nos advogados, estagiários inscritos na Ordem e seus dependentes, nos termos dos Estatutos das Caixas de Assistência.

Exatamente em razão da inexistência de fins lucrativos, a entidade pratica taxas de administração em geral bem abaixo em relação às adotadas pelas entidades abertas de previdência complementar. Por outro lado, a OABPrev-MG tem obtido rentabilidades atrativas, sendo que de janeiro a agosto de 2014 atingiu uma rentabilidade global de 5,32%.

Fica aqui a nossa dica: que a diminuição no pagamento dos tributos autorizada pela nova legislação seja revertida, em parte, para garantir um futuro mais digno a todos aqueles que militam na advocacia por meio da construção de uma poupança previdenciária que lhes salvaguarde dos infortúnios da vida.

Para ser feliz es importante ser saludable. їCуmo pueden ayudar los remedios? As que la siguiente pregunta es dуnde puedes encontrar informaciуn que sea til. Usted puede obtener informaciуn confiable durante la noche y convenientemente por ir en lnea. їTiene alguna pregunta sobre Kamagra y azitromicina generico en línea? El momento ideal para resolver cualquier problema es antes de que aparezca cualquier signo visible. Hay otras preguntas opciones. Cuando usted compra el significar del thr usted debe discutir con su doctor sobre . No olvide, piense en . Si necesita tomar medicamentos recetados, pdale a su farmacutico que verifique primero sus niveles de testosterona. Varios f'rmacos no son adecuados para personas con algunas afecciones, y muchas veces sуlo se puede usar un medicamento si se toma m's cuidado.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
  • 32
  • 33
  • 34
  • 35
  • 36
  • 37
  • 38
  • 39
  • 40
  • 41
  • 42
  • 43
  • 44
  • 45
  • 46
  • 47
  • 48
  • 49
  • 50
  • 51
  • 52
  • 53
  • 54
  • 55
  • 56
  • 57
  • 58
  • 59
  • 60
  • 61
  • 62
  • 63
  • 64
  • 65
  • 66
  • 67
  • 68
  • 69
  • 70
  • 71
  • 72
  • 73
  • 74
  • 75
  • 76
  • 77
  • 78
  • 79
  • 80
  • 81
  • 82
  • 83
  • 84
  • 85
  • 86
  • 87
  • 88
  • 89
  • 90
  • 91
  • 92
  • 93
  • 94
  • 95
  • 96
  • 97
  • 98
  • 99
  • 100
  • 101
  • 102
  • 103
  • 104
  • 105
  • 106
  • 107
  • 108
  • 109

Instituidores

  • 1
  • 2